Quais cuidados se deve ter ao abrir ou reformar um restaurante?

1 Fevereiro, 2017

Uma das grandes peculiaridades, ao se pensar na criação ou reformas de um restaurante, é a atenção com a legislação. Mas ao contrário, do que muitos empresários pensam: a legislação é nossa aliada!

Adequar as normas é aumentar gastos?

É comum pensarmos que as normas são nossas grandes inimigas. Regras que estão lá para barrarem nossos interesses. Muitas dessas impressões se devem pelo fato que se adequar a legislação em muitos casos significa maior investimento. Isso é, prever mais pias, ralos, banheiros, etc. E considerando o interesse inicial do empresário, são mais gastos, o que diverge do interesse inicial.

Porém, é fundamental ver a norma como uma segurança para o negócio. Para restaurantes, seguir as indicações e investir na estrutura conforme é estipulado no projeto arquitetônico, garante o controle dos riscos de contaminações e infecções alimentares. Situações essas que se não previstas colocam em risco a reputação, credibilidade da marca e geram maiores gastos com multas e com reformas posteriores.

Mas a fiscalização é tão esporádica. Por que preocupar com isso?

É verdade, que a fiscalização em muitas cidades ainda é falha. No entanto, sempre que denunciado estabelecimento comercial é fiscalizado para que se possa verificar a denúncia. E nesse âmbito temos de ter atenção em dois aspectos. Primeiro deles: clientes. Temos um público cada vez mais crítico e consciente. Que ciente das normas e dos direitos tem denunciado estabelecimentos que descumpram as normas.

Outro aspecto a ser considerado são os concorrentes. Pois é, ao ver um novo entrante muitos concorrentes o denunciam. Assim eles conseguem desestabilizar a equipe e os locais que na preguiça, ou na ausência de conhecimento das normas não atenderam as exigências. Isso pode gerar advertências, multas e em casos mais graves até o fechamento do estabelecimento.

Restaurante onde fiscais são bem-vindos!

A grande lição para os restaurantes é: evite telhados de vidro! Fique atento as normas e contrate um escritório que tenha familiaridade com elas e com a elaboração de projetos na área de alimentação. Além disso, informe aos funcionários e demais colaboradores sobre a importância de seguir o projeto, manuais e os POP’s (procedimentos operacionais padronizados). Assim quando atirarem “pedras” sua marca estará bem protegida.


COMPARTILHAR


Comentários

Nenhum comentário feito.


Faça seu comentário:







COMPLLETA-DESIGN - Todos os Direitos Reservados © 2018